Olá pessoal, no texto de hoje eu gostaria de falar com vocês sobre o processo de avaliação dentro da Análise do Comportamento Aplicada (ABA), bom avaliar uma criança, adolescente, fazer um levantamento de todas as suas habilidades é de suma importância. É a base de um processo de intervenção, de estimulação adequado. Afinal se eu não sei qual caminho seguir na rota de estimulação, qualquer caminho serve não é mesmo?! Nós muitas vezes vamos por rumo, pelo que parece ser mais crítico ,aquilo que está gritando  nas habilidades que a criança não possui. Porém seguindo por essa rota eu corro dois riscos majoritariamente:

-Ensinar algo que a criança já sabe ou Querer ensinar o que ela não tem pré requisito para aprender.

Lost-Alice

Bom mas aí vem uma galera muito massa da Análise do Comportamento, que ficou anos fazendo pesquisa, e buscando fazer um levantamento das habilidades mais importantes que precisam ser avaliadas, buscando saber o que vem antes, o que vem depois e por aí vai para poder nos ajudar, e para que nós possamos ajudar nossas crianças.E eu realmente sou apaixonada nesses instrumentos que facilitam a nossa vida, fazem com que a gente possa poupar tempo, afinal para que ficar inventando a roda que já está rodando legal, não é mesmo???

wheel

Então vamos aos protocolos, aqui falaremos  dos protocolos de avaliações, um levantamento breve do que existe na área, claro não vamos falar de todos, mas os principais:

  1. Vb-Mapp – É uma avaliação do BCBA- D Mark Sundberg , é a Avaliação de Comportamento Verbal, que possui 5 componentes: Avaliação de Marcos que busca fazer um levantamento de Habilidades de Linguagem e de comportamentos que influenciam a linguagem ou são influenciados por ela, são aproximadamente 170 habilidades avaliadas, somente dentro da Avaliação de Marcos. Além disso temos a Avaliação de Barreiras que busca identificar quais as barreiras dentre  as 24 mais comuns que estão prejudicando o desenvolvimento desta criança. Temos a Avaliação de Transição, uma avaliação com o foco de decidir qual o ambiente de aprendizagem mais apropriado para esta criança. Temos também a chamada Task Analysis (Análise de Tarefas) que divide uma habilidade maior em pequenos pedaços para que possamos ensinar do mais fácil ao mais difícil. E também, uma parte sobre o Plano de Ensino Individualizado, o que eu devo ensinar com base em cada nível que a criança estiver. Dá uma olhadinha nesse vídeo aqui que eu te explico mais sobre o Vb-Mapp Assista ao Vídeo. 
  2. ABBLS –  A ABBLS é uma Avaliação do BCBA-D James Parttignton, é uma Avaliação semelhante ao Vb-Mapp, é a Avaliação de habilidades básicas de linguagem e de aprendizado. Aqui nessa avaliação de aprendizado eu vou parar e falar um pouquinho disso fazendo um parêntesis: Muitas vezes as nossas crianças com atraso no desenvolvimento não estão prontas para aprender sabia? Não tem pré-requisitos nem para aprenderam, nem param sentadas numa cadeira, não olham para um adulto, e aí como eu vou ensinar qualquer coisa para uma criança assim? Então eu preciso dar alguns passos atrás e voltar para ensinar as danadas das habilidades pré requisitos para depois seguir. Bom agora voltando a ABBLS, é uma avaliação que avalia 544 habilidades, em 25 áreas diferentes.  Ela avalia muitas habilidades que são as mesmas do Vb-Mapp, mas ela avalia habilidades a mais, e ela “quebra”  uma habilidade maior em pequenos pedaços para que possamos identificar em qual parte a criança começa a falhar.
  3. AFFLS – É uma avaliação que também é do Dr. James Parttington e que busca avaliar habilidades de vida funcional, compreende 5 cadernos dentre os quais são avaliadas diversas áreas que tem haver com a independência da criança e adolescente.Screen Shot 2017-10-04 at 10.27.23Screen Shot 2017-10-04 at 10.25.39

4. PEAK RELATIONAL SYSTEM –   é uma ferramenta de avaliação e um currículo guia para ensinar habilidades básicas e avançadas de linguagem numa perspectiva analitíco comportamental.PEAK contém 4 livros separados, com 4 módulos separados se referindo a 4 dimensões do Comportamento.

  • Treino Direto– são as habilidades bases da linguagem: Contato Visual, Pedir itens, perguntar com perguntas usando: ”O que”,”Quando”,”Onde”, habilidades sociais básicas.
  • Generalização– É um tipo de habilidade muito comum nos programas de ensino, fazer com que as crianças levem os conceitos básicos aprendidos para diversos lugares, pessoas, e diferentes estímulos.Esse módulo foi feito para construir as habilidades de generalização, reduzir ou eliminar cenários de aprendizado memorizados.
  • Equivalência– Foi feito para ensinar formação de conceitos e comportamento perceptual. Esse módulo explora experiências multisensoriais que ocorrem quando experienciamos o mundo ao redor de nós. É um ótimo módulo para reduzir problemas de compreensão de texto.
  • Transformação– criado para ensinar conceitos abstratos de igual, diferente, opostos, comprações, hierarquias, tomar perspectiva. É um módulo que começa de forma básica, como pareamento de formas, e vai para conceitos mais abstratos e lógicos.

5. Temos também protocolos de Habilidades Sociais – Fazer levantamento mais especificamente de habilidades socais é de suma importância , para que possamos ter clareza do que ensinar e em que momento ensinar. Existem vários, publicados nos EUA, no Brasil não temos essas ferramentas, mas nós da Análise do Comportamento, eu pelo menos hehehe, usamos esses protocolos já que conforme já disse para que inventar a roda, certo? Bom dentre os da Habilidades Sociais vou citar aqui para vocês o Social Savvy. Que avalia as habilidades citadas abaixo:

Screen Shot 2017-10-04 at 10.37.09

Além destes protocolos mais complexos, que muitas vezes também são currículos de intervenção, temos algumas entrevistas, escalas, avaliações mais curtas com os mais diversos objetivos dentre eles: identificar comportamentos problemas, identificar reforçadores e por aí vai, vou citar alguns aqui para vocês:

  1. FAI – Entrevista de Análise Funcional com o foco nos professores, ou seja um instrumento para tratar dos comportamentos problemas, que direciona o professor a responder perguntas voltadas para a identificação de comportamentos problema.Só tem em inglês.
  2. FAOF – Avaliação Funcional de Observação Formal – que te dá um guia do que observar e como observar os comportamentos..Só tem em inglês.
  3. FAST – Ferramento de Avaliação Funcional – elaborada para identificar o número de fatores que podem estar contribuindo para a ocorrência de comportamentos problema.Só tem em inglês.
  4. MAS – Escala de Avaliação de Motivação – É um questionário para nos ajudar a identificar situações em que a criança, o aluno, ou adolescente se comporta de determinada maneira. E com essa informação começamos a ter clareza sobre a seleção de comportamentos que possam substituir determinado comportamento.Só tem em inglês.
  5. RAISD -Avaliação de Reformadores para indivíduos com Atraso Severo –  O propósito dessa avaliação é estruturar uma entrevista para que possamos extrair a informações mais acuradas das possibilidades de objetos, comidas, situações, ações que sejam reformadoras para a criança.Só tem em inglês.

Gente isso é ou não é um máximo, nós dá segurança para trabalhar, de que estamos trabalhando com base em conhecimento científico pois todas estas avaliações foram frutos de muitas pesquisas, não foram simplesmente inventadas. Além de tudo isso facilitar extremamente o nosso trabalho.

Hammy-hammy-15327314-338-253

Bom mas se você está desanimado porque parece muitaaaa coisa, muita informação, é tudo em inglês, não de desanime, siga assistindo a nossa semana ABA FORA DA CAIXA, pois no dia 09/10 teremos uma grande surpresa que pode te ajudar bastante!!!!

edf3813c60e0bc3e2c9bcfe66199a736.jpg

Assistas nossas aulas gratuitas até 08/10 ás 23:59 Assista Agora.

Um grande abraço,

Até a próxima semana!!

Michelli Freitas.

Psicopedagoga/Mestranda em Ciências do Comportamento – UNB.

Deixe uma resposta