Oiee Pessoal, então hoje estou aqui para o nosso Post de Quarta Feira, e o post de hoje é para responder a pergunta de uma mãe. Mas por quê ABA (Análise do Comportamento Aplicada)???Mas essa não é uma pergunta só dela, é de muita gente. Pais, Profissionais, muitas vezes perguntam Por quê essa ciência, ou esse método como muita gente ainda pensa, por quê esse tal do ABA? Essa ainda é uma dúvida frequente, se dentre outros tipos de intervenção, outras formas de intervir, as quais podemos falar num outro post. Por quê eu escolhi essa intervenção para o meu filho, por quê resolvi estudar ela, e hoje ensinar, estar num mestrado com esse tema?

Bom eu posso te dar uma resposta curta e uma resposta longa. Eu vou começar pela curta – Porque o Neuropediatra disse que era para ser assim, simples assim. Bom quando tivemos o diagnóstico do meu filho esse foi o tipo de intervenção recomendado pelo Neuropediatra, mas ele não me explicou fundamentos, o porquê de tudo, só me disse que tinha que ser assim e ponto final, e me deu uns cartões de profissionais. Simples assim. Outros profissionais não falaram nada sobre ABA, outros disseram que estava cedo para ABA, ele era muito novo ainda. Imagina que salada, quanto sofrimento, detalhe eu estava grávida do meu segundo filho (Momento desabafo do Post).

Ao sair dos vários consultórios que passamos no período de diagnósticos, eu fui para o Google claro, que naquele momento era meu melhor amigo (Claro ele erra gente, bem como os médicos, hahahaha), e que me desculpem os médicos mas muitas vezes explicam melhor que os médicos, os grupos no Facebook, os Blogs de outras mães, (gente existem exceções, ok? Sem generalizações). Bom eu fui em busca de toda a informação e me parecia que o tal do ABA era o melhor caminho mesmo, mas eu levei um tempo para chegar a essa conclusão, mas estudando, lendo, buscando sobre Análise do Comportamento desde o dia 1 de diagnóstico.

Bom mas e aí porque parece ser a indicação da maioria dos neuropediatras? Por que é o tipo de intervenção mais usada (não tenho dados de pesquisa para dizer isso, mas são minhas impressões)? Bom porque é uma intervenção validada cientificamente.  Mas o que será que é algo cientificamente comprovado? Eu coloquei aqui um link para que vocês possam ler com mais detalhes. O que é algo cientificamente comprovado?  

Bom mas resumidamente é algo que houveram várias pesquisas, com grande rigor, que foi publicado em jornais científicos, é necessário que haja um experimento descrito para que possa ser considerado científico. Bom e levando para a Intervenção ABA, a Análise do Comportamento é uma ciência que possui estudos de experimentos usando Intervenção ABA para crianças autistas e outras desordens de desenvolvimento, desde 1960. (data retirada da Autism Speaks – Applied Behavior Analysis – ABA) Portanto nós já temos de longa data pesquisas, descrições de experimentos, com análises de resultados mostrando os benefícios da Intervenção ABA.

Existem vários jornais científicos nós quais pesquisas são frequentemente publicadas, a Análise do Comportamento é uma ciência. Mas O que é uma Ciência? Dê uma olhada neste artigo da UNICAMP O que é Ciência? Bom mas como eu estava dizendo nós temos o JABA (Jornal de Análise do Comportamento Aplicada – Já Traduzido), o JEAB (Jornal de Análise Experimental do Comportamento – Já Traduzido). No Brasil, como em qualquer ciência temos publicações científicas, as quais são resultados de pesquisas feitas dentro das Universidades,e que são Publicadas. E essas pesquisas só são publicadas, ao passar por um crivo exigente de profissionais da área, que também para estarem nesta posição passaram por um crivo de seleção exigente, com titulações específicas, experiências, produções científicas deles próprios.

Entendem agora porque tudo isso com relação a Intervenção ABA? Nós temos diversos estudos comprovando sua eficácia. Existe uma comunidade científica em torno dessa ciência (estou dizendo independente do Brasil, a nível de mundo). Mas no Brasil dentro de respeitadas Universidades (UNB, UFSCAR, USP, dentre outras), existem muitas pesquisas em torno da Análise do Comportamento. Quando vamos pensar em algum procedimento, em alguma intervenção temos uma biblioteca de pesquisas já realizadas que nós mostram os resultados e assim agimos menos com o que achamos, e muito mais com o que as pesquisas mostram ser ou não mais eficaz. Sacou??? O mesmo não podemos dizer de outras abordagens, e eu não estou aqui dizendo que não funcionam, mas estou dizendo que eu não sei, que não vi estudos, pesquisa CIENTÍFICAMENTE COMPROVADAS, entende? Então entre o incerto, e o mais seguro em termos de pesquisa, de anos de estudo eu prefiro ficar com aquilo que é mais seguro, mesmo que outras linhas possam daqui a anos se mostrarem eficazes, entende?  Ahh e essa é a linha de intervenção que deve na minha humilde opinião ser recomendada mesmo que a criança tenha de 1 ano de idade (hipoteticamente, estou só exagerando, não costuma ter diagnóstico nessa idade, AINDA), até 100 anos de idade, Ok?

Beijos no Coração, até Quarta Feira que vem!!!

Michelli Freitas,

Mestranda UNB em Análise do Comportamento.

3 Comentários

Deixe uma resposta